Inicio Tecnología. América Móvil inicia operaciones de telefonía 3G en Brasil (En portugués)

América Móvil inicia operaciones de telefonía 3G en Brasil (En portugués)

A operadora de celular Claro (América Móvil) anunciou nesta terça-feira a implementação da chamada tecnologia de terceira geração (3G) no Brasil. A partir desta quarta-feira o serviço estará disponível nas regiões metropolitanas de Brasília, Recife e Fortaleza. Dia 20 o serviço começa em Porto Alegre e a tecnologia estará disponível também em São Paulo e Rio na primeira semana de dezembro.

A Claro estima que as seis localidades somem 33 milhões de moradores, mas não informou uma previsão de clientes efetivos.

A terceira geração vai operar na freqüência de 850 MHz, usada para TDMA e esvaziada quando a operadora migrou suas operações para a tecnologia GSM.

O presidente da empresa, João Cox, informou que neste primeiro momento a tecnologia 3G estará disponível apenas para os clientes de planos pós-pagos da operadora. No entanto, adiantou que os pré-pagos poderão utilizar a modalidade a partir do primeiro semestre de 2008.

A Anatel realiza no dia 18 de dezembro o leilão para freqüências 3G de 2.1 GHz. Cox informou que a Claro vai participar do leilão para ampliar a área de atuação da tecnologia. Ele afirmou, porém, que a comunicação entre os clientes que aderirem ao serviço antes terão a mesma comunicação, independentemente da freqüência usada.

“Vamos trazer competitividade para a banda larga. Atualmente, dos 35 milhões de usuários de internet, 6,5 milhões utilizam banda larga. Mas são 112,8 milhões de usuários de celular”, afirmou.

O celular 3G permite a comunicação por vídeo, a utilização de banda larga móvel, download de músicas e imagens e o uso do aparelho como modem para a banda larga residencial. Neste último caso, o preço mensal é de R$ 99,90 para velocidade 1 Mbps ou R$ 69,90 para velocidade de 500 Kbps. Nas duas categorias, o uso é ilimitado. O custo do serviço de vídeos é de R$ 0,60 por minuto.

Fuente: Folha de São Paulo, Brasil 

Opinión